Serviço

9º Curta Brasília – Festival Internacional de Curta-Metragem de Brasília

Quando:
17 a 21 de dezembro de 2020 

Onde:
Formato inédito, 100% online, na plataforma Looke

Para mais informações:
www.curtabrasilia.com.br
Realização: Sétima Produções Culturais
Contato: [email protected]
Instagram: @festivalcurtabrasilia

Nona edição do festival será realizada entre os dias 17 e 21 de dezembro, e contará com Mostra Competitiva em formato inédito 100% online

O Festival Curta Brasília anunciou na manhã desta segunda-feira (13), os curtas-metragens que vão concorrer aos prêmios da Mostra Nacional. Realizado anualmente pela Sétima Produções, o festival premia os melhores curtas produzidos entre 2019 e 2020, e, para a sua nona edição, o evento será realizado em formato totalmente online pela plataforma Looke, devido a pandemia do novo coronavírus.

Sobre as inscrições

Neste ano as inscrições de filmes para a mostra competitiva bateu recorde mais uma vez. Foram 1.114 curtas-metragens inscritos de todas as regiões do Brasil, sendo cuidadosamente analisadas pela comissão de curadoria, sob coordenação de Arthur B. Senra.  Após intenso trabalho de avaliação, 15 curtas foram selecionados.

Filmes selecionados

A Barca

Dir. Nilton Resende, Ficção (2019) – Maceió (AL)

À beira do planeta mainha soprou a gente

Dir. Bruna Barros e Bruna Castro, Documentário (2020) – Salvador (BA)

A terra das muitas águas

Dir. Catu Rizo, Ficção (2019) – Nilópolis (RJ);

A terra em que pisar

Dir. Fáuston Da Silva, Ficção (2019) – Estrutural (DF)

Ainda te amo demais

Dir. Flávia Correia, Documentário (2020) – Maceió (AL)

As rendas de dinho

Dir. Adriane Canan, Documentário (2019) – Florianópolis (SC)

Exu matou um pássaro

Dir. Vinicius Sassine, Documentário (2020) – Brasília (DF)

Filme de domingo

Dir. Lincoln Péricles, Híbrido (2020) – São Paulo (SP)

Inabitáveis

Dir. Anderson Bardot, Ficção (2020) – Vila Velha (ES)

Inabitável

Dir. Matheus Farias e Enock Carvalho, Ficção (2020) – Recife (PE)

Joãosinho da Goméa – O rei do candomblé

Dir. Janaina Oliveira Refem e Rodrigo Dutra, Documentário Experimental (2019) – Duque de Caxias (RJ)

Mãtãnãg, a encantada

Dir. Shawara Maxakali e Charles Bicalho, Animação (2019) – Belo Horizonte (MG)

Mundo Pequeno

Dir. Gustavo Amora e Cícero Fraga, Documentário (2019) – Brasília (DF)

Os últimos românticos do mundo

Dir. Henrique Arruda, Ficção (2020) – Recife (PE)

Quantos eram pra tá?

Dir. Vinícius Silva, Ficção (2019) – São Paulo (SP)

Vários dos curtas inscritos e em especial os selecionados, trazem a presença da diversidade religiosa no Brasil, além da relação com a música, o trabalho e a busca por igualdade de direitos. Se sobressaiu em diversas obras a importância das relações de afeto, da empatia e lugares que proporcionam segurança para a existência das várias formas de amor, de resistência e de fé.

Arthur B. Senra, Coordenador de Curadoria da Seleção

Novidades

Uma novidade deste ano é que a Mostra Tesourinha, dedicada para a exibição de produções locais (Brasília), se tornou um selo dos filmes do DF, compondo a programação, ou seja, participarão da mostra competitiva nacional e concorreram a prêmios específicos para a produção local.

Sobre o Festival Curta Brasília

O Festival Curta Brasília nasceu em 2012 focado em exibir, difundir e valorizar filmes curtas-metragens brasilienses, brasileiros e internacionais. Desde então, foram realizadas 8 edições ininterruptas com mais de 7 mil inscrições de filmes de todo o Brasil. Com grande sucesso de público e crítica, o Curta exibiu quase 700 curtas, sendo 440 nacionais, 125 do DF e 153 internacionais.

Desde 2015, ampliou a circulação e extensão de suas ações com circuitos itinerantes de exibição nacionais e internacionais, além de promover o intercâmbio de realizadores brasileiros em cidades como Paris, Cannes, Nice e Bogotá. O Festival trabalha intensamente na iniciativa de divulgar em todas as janelas durante o ano inteiro, em cineclubes e espaços culturais, firmando parcerias como o programa “Curta Brasília na Globo” e sessões anuais na Casa Doc’ em Nice e na Cinemateca de Paris. Para a edição de 2020, a ser realizada entre 17 e 21 de dezembro, o festival recebeu mais de 1100 inscrições e já está na etapa de curadoria.