Imagem com a data do evento: 7 a 10 de Dezembro, com entrada franca

14 de dezembro (sexta-feira), às 19h

Cena do curta Absolvição imprópria

Absolvição imprópria

(DF) 2018. Doc., 25 min 18 anos

Dir. Érica Quinaglia Silva.

As pessoas com transtornos mentais que tiveram um conflito com a lei recebem da Justiça uma absolvição imprópria, uma sanção que não deveria visar à punição, mas sim ao tratamento. Na prática, milhares de pessoas, como Lídia, são confinadas e vivenciam situações de violência, sob a égide do Estado, em espaços de exclusão e silenciamento.

Cena do curta CorpoStyleDanceMachine

CorpoStyleDanceMachine

(BA) 2017. Doc., 7 min 12 anos

Dir. Ulisses Arthur.

“Ando por mistério, vivo por mistério […] Nosso corpo é uma máquina, ou cuida ou sabe como é né?” Entre memórias da boate e relatos de resistências cotidianas, Tikal, importante personalidade LGBTI do Recôncavo da Bahia, dança e afronta as normas.

Cena do curta Mais triste que chuva num recreio de colégio

Mais triste que chuva num recreio de colégio

(RJ) 2018. Doc., 14 min Livre

Dir. Lobo Mauro.

A reforma superfaturada do Maracanã para a Copa de 2014. A Reforma Trabalhista de 2017 para a superfartura do empresariado. A Copa do Mundo no Brasil, a World Coup.

Cena do curta Conte isso àqueles que dizem que fomos derrotados

Conte isso àqueles que dizem que fomos derrotados

(MG) 2018. Doc., 23 min Livre

Dir. Aiano Bemfica, Camila Bastos, Cristiano Araújo e Pedro Maia de Brito.

As luzes da cidade ao longe, as luzes das pessoas por perto. O movimento coletivo de ocupar.

Cena do curta De tanto olhar o céu gastei meus olhos

De tanto olhar o céu gastei meus olhos

(MS) 2017. Fic., 25 min 10 anos

Dir. Nathália Tereza. Com Edilson Silva e Maria Eny.

O pai de Luana e Wagner envia uma carta após anos de abandono. Wagner acredita que o pai pode ter mudado. Luana não.