Imagem com a data do evento: 7 a 10 de Dezembro, com entrada franca

O cinema imersivo, também conhecido como cinema em 360°, de realidade virtual ou pela sigla VR (do inglês virtual reality) é a principal tendência do cinema e do entretenimento na atualidade. De maneira pioneira entre os festivais de cinema no Brasil, o Curta Brasília reserva, desde a edição passada, um espaço exclusivo para o cinema VR. O Espaço CVRTA VR oferece ao público produções em 360°, com os equipamentos Gear e VIVE, de diferentes gêneros cinematográficos, brasileiras, holandesas e convidadas de outros países, inéditas na capital federal ou fazendo sua estreia na América Latina.

O CVRTA é uma parceria com a Embaixada do Reino dos Países Baixos e conta com o apoio do VR Days, maior evento de realidade virtual da Europa. O país é uma referência internacional nas áreas de economia criativa, cinema e tecnologia, sendo pioneiro na realidade virtual com um conteúdo que se destaca tanto pelas propostas interativas quanto pelo apuro estético. Durante o Curta Brasília serão realizadas sessões a cada 30 minutos, cada uma com aproximadamente 10 minutos de duração. Além dessas sessões, profissionais brasileiros e holandeses, especialistas em VR, participam de debate sobre o assunto.

HORÁRIOS
Quinta a sábado, das 17h às 22h
Domingo, das 15h às 22h

Cena do curta Muito além do picadeiro

Muito além do picadeiro

(SP) 2017. Doc., 6 min Livre

Dir. Danilo Mantovani e Diego Rinaldi.

A reportagem do Portal R7 foi até o circo ouvir quem faz o espetáculo, como é a vida deles por trás dos truques, fantasias, brincadeiras e malabarismos. Colocamos câmera na cabeça do equilibrista e até dentro do globo da morte! Venha ver, por todos os ângulos.

Cena do curta Fogo na floresta

Fogo na floresta

(SP) 2017. Doc., 7 min Livre

Dir. Tadeu Jungle.

Documentário sobre o povo Waurá, uma etnia indígena de 560 pessoas que vive no Parque Indígena do Xingu, no Mato Grosso. O filme passeia pelo cotidiano da aldeia Piyulaga e revela que os índios mantêm sua cultura tradicional ao mesmo tempo em que incorporam hábitos e tecnologias dos “brancos”. O curta é um alerta para o fogo que, devido ao desmatamento no entorno do parque e o agravamento das mudanças climáticas, saiu do controle e ameaça as florestas e a vida no Xingu.

Cena do curta O Caminhante Espacial (The Spacewalker)

O Caminhante Espacial (The Spacewalker)

(Rússia) 2017. Ani., 4 min Livre

Dir. Alexander Gorokhov.

O filme coloca o público na experiência do cosmonauta russo Aleksei Leonov, o primeiro homem a caminhar no espaço.

 

Cena do curta Mundo artificial (Artificial world)

Mundo artificial (Artificial world)

(Holanda) 2017. Ani., 4 min Livre

Dir. Bas Jansen.

O homem destruiu a Terra, matando quase todos os organismos vivos. Os últimos humanos restantes criam uma inteligência artificial para recuperar a vida e restaurar o equilíbrio.

Cena do curta Magritte

Magritte

(Inglaterra) 2017. Ani., 7 min Livre

Dir. John Durrant.

Esta viagem imersiva leva o espectador através de uma série de paisagens incríveis e presta homenagem à sagacidade, às ilusões e ideias do artista surrealista René Magritte.

Cena do curta Das cinzas às cinzas (Ashes to ashes)

Das cinzas às cinzas (Ashes to ashes)

(Holanda) . Fic., 11 min Livre

Dir. Jamille van Wijngaarden, Ingejan Ligthart Schenk, Steye Hallema.

Uma tragicomédia (falada em inglês) sobre como uma família disfuncional lida com o estranho desejo de seu recém-falecido patriarca: ter suas cinzas explodidas.

Cena do curta Ápice (Apex)

Ápice (Apex)

(Holanda) 2017. Ani., 5 min Livre

Dir. Arjan van Meerten.

Adentre a visão surrealista, sombria e bela de um ardente apocalipse urbano povoado por animais fantasmas, formas abstratas, gigantes maníacos e sorridentes e, claro, você.

Cena do curta What do we care 4

What do we care 4

(Holanda) 2017. Exp., 5 min Livre

Dir. Steye Hallema.

Videoclipe. O videoclipe da banda Steye & the Bizonkid para a música What do we care 4 é um dos primeiros a realmente explorar as possibilidades do vídeo em 360 graus.

 

Cena do curta Step to the line

Step to the line

(Brasil) 2017. Fic., 12 min Livre

Dir. Ricardo Laganaro.

Filmado inteiramente em prisões de segurança máxima da Califórnia (EUA), o curta apresenta uma nova perspectiva sobre os prisioneiros, o sistema prisional e até mesmo sobre você.

Cena do curta BELEAF

BELEAF

(Brasil) 2017. Ani., 6 min Livre

Dir. ARVORE.

Uma jornada multidimensional na qual o usuário é convidado a atravessar portais com uma tocha física-digital e interagir em diversos ambientes.